Categoria ‘Brinquedos perigosos’

PostHeaderIcon Compra de brinquedos perigosos

Atualmente, existe uma grande preocupação na compra de brinquedos adequados e seguros para as idades das crianças.

Assim, deixamos alguns conselhos aquando da aquisição de brinquedos:

– Observe bem o brinquedo, verifique se não tem peças soltas ou pelos que se soltam com facilidade. Procure arestas e pontas cortantes, verifique se os materiais não são tóxicos;

– Escolha o brinquedo de acordo com a idade da criança a que se destina e que contenha instruções e avisos em Português;

– Os peluches, são proibidos nas creches pelo risco que representam para as crianças alérgicas. Assim, se se quer oferecer um peluche importa saber se a criança tem alergias respiratórias e, nesse caso, optar por outro tipo de brinquedos;

– Pense nas crianças da casa, para não estar a oferecer uma prenda ao mais velho que vá ser perigosa para o mais novo;

– Antes de colocar a embalagem no lixo, anote os contactos do fabricante ou importador, se ocorrer algum acidente estes são importantes;

– A maior parte dos acidentes domésticos que ocorrem com brinquedos deve-se à falta de arrumação dos mesmos, brinquedos desarrumados, espalhados pela casa, podem ser pisados e dar origem a quedas, pelo que, ensine as crianças a arrumar os brinquedos;

– Na primeira infância é importante não esquecer que os bebés até aos 2/3 anos exploram todos os objectos (incluindo os brinquedos) com a boca, por isso deverão ser privilegiados os brinquedos laváveis e com peças que não possam ser engolidas (todos os anos há inúmeros casos de asfixia em Portugal);

– Devem-se oferecer brinquedos que as crianças queiram e não aqueles que os pais gostavam de ter tido;

– Não esquecer a importância dos brinquedos na aprendizagem. É importante oferecer brinquedos ou jogos que a estimulem, mas sem excesso. Afinal ser criança é, sobretudo, brincar, e nem só com brinquedos (qual a criança que não se delicia com os “brinquedos seguros” dos adultos: tuperwares, caixas de cartão, colheres de pau, etc).
fonte:www.cresceraprender.wordpress.com

PostHeaderIcon O risco dos brinquedos sem o selo INMETRO

brinquedo-perigoso-inmetro

O INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) cuida da fiscalização de muitos produtos de consumo e, dentre estes, brinquedos infantis. Brinquedos não homologados pelo INMETRO são perigosos para o seu filho. Também não é indicado dar para ele brinquedos que estão acima da faixa da sua idade.

Crianças pequenas adoram enfiar tudo na boca, isso faz parte das experiências que desenvolvem seu corpo e intelecto nas primeiras idades, por isso brinquedos com partes pequenas não são indicados para crianças menores do que três anos. Muitas vezes é difícil achar um brinquedo que não tenha a frase “Para crianças maiores de três anos”, mas essa simples recomendação é fundamental para a segurança dos pequeninos.

A Mattel, um dos maiores fabricantes de brinquedos do mundo e proprietária da marca Fisher-Price, uma das mais veneradas em termos de qualidade, sofreu enormes recall de brinquedos devido a vários escândalos de brinquedos que estavam colocando as crianças em risco de vida ou causando ferimentos pelo mundo todo. Foram mais de 29 brinquedos diferentes e mais de 19 milhões de unidades removidas do mercado e da mão de consumidores. A Gulliver também fez um grande recall de brinquedos no país neste ano. Outros produtos que passaram por ‘recall de brinquedo‘ incluíam um boneco do Batman e a Polly, uma boneca bastante conhecida.

Muitos importados são frágeis e de baixíssima qualidade que, ao desmontarem ou quebrarem, podem soltar partes pequenas ou pontiagudas que podem ser engolidas. Outros possuem pilhas minúsculas e ‘apetitosas’ que contém produtos químicos extremamente tóxicos que podem ser letais, mesmo nas menores doses. Alguns destes brinquedos vêm sem nenhuma proteção adequada para evitar que a criança remova a tampa e retire as pilhas.

Brinquedos não homologados pelo INMETRO, isto é, que não tem o selo INMETRO, não tem autorização para serem comercializados e você não deve comprá-los para suas crianças. Verifique sempre a existência do selo e ainda observe se o produto parece ter qualidade antes de colocá-lo nas mãos de seu filho. Muitos produtos podem apresentar selo INMETRO falsificado e se você ficar desconfiado ligue para 0800 285-1818 com o produto em mãos.

A regra é: verifique o selo e se mesmo assim ficar desconfiado, mesmo que só um pouquinho, não dê o brinquedo para seu filho, não vale à pena correr este risco.

hypescience.com