Categoria ‘Páscoa’

PostHeaderIcon Desenho de páscoa para colorir

desenho-de-pascoa_para-colorir

 

Conta a lenda de que uma mulher pobre coloriu alguns ovos de galinha e os escondeu, para dá-los a seus filhos como presente de Páscoa. Quando as crianças descobriram os ovos, um coelho passou correndo. Espalhou-se, então, a história de que o coelho é que havia trazido os ovos. Desde então as crianças sempre acreditaram no coelhinho da páscoa. O Coelhinho da Páscoa é a principal atração entre as crianças.

Nesse link você encontra mais desenhos de páscoa para colorir

 

PostHeaderIcon Professora ensina a fazer ovos de chocolate caseiros em 30 minutos

Cake designer Dani Sanfront ensina que é possível personalizar guloseima.
Ovo de chocolate de 500g é vendido a R$ 25; em março, lucro é de R$ 700.

Ruan Melo e Rafaela Ribeiro Do G1 BA

ovo-prestigio
Ovos de chocolate sabor prestígio são produzidos dentro de residência em Salvador (Foto: Ruan Melo/ G1)

A comemoração da Páscoa acontece no domingo (31) e com a proximidade da data festiva, as pessoas correm contra o tempo para comprar o tradicional ovo de chocolate. A guloseima pode ser adquirida em supermercados e lojas de confeitaria, mas quem pretende fazer algo especial pode produzir sozinho, e de forma rápida, o ovo e personalizar o presente.

A cake designer Dani Sanfront produz e comercializa ovos de chocolate dentro da residência onde mora, em Salvador, há um ano. Segundo ela, o processo não é simples, mas muito prazeroso. Dani compra o chocolate usado nos ovos em lojas de confeitaria, mas parte do material, como o recheio de prestígio e as formas, pode ser adquirida em supermercados.

Segundo Dani, matéria-prima de qualidade é fundamental para que o ovo de chocolate seja mais saboroso. “O chocolate que eu uso é temperado. Eu prefiro comprar barras de 1kg, que é melhor para guardar. Eu corto em pedaços, não ralo. Eu uso micro-ondas, potência média, paira derreter. Abaixo de 300g de chocolate, você coloca 30 segundos até derreter. Acima disso, um minuto. Nunca deixe derreter demais porque fica muito fluido, muito liquido e não serve. Tem que ficar meio pastoso”, explica.

ovo-prestigio1
(Foto: Ruan Melo/ G1) Ingredientes para a produção do ovo de chocolate

Após derretido, o chocolate é colocado em formas e levado à geladeira em um período entre cinco e dez minutos. “Depois é rechear. Coloca uma camada generosa do recheio em cada casca, leva pra geladeira de novo, por uns 15 minutos, e depois dá outra camada de recheio. Uma camada de chocolate, uma de um recheio. No total são três camadas. No caso do ovo de prestígio, eu coloco o prestígio e uma base de chocolate em cada camada”.

Assim que o ovo estiver recheado, ele pode ser personalizado com chococalete branco ou modelagem de pasta americana. Dani explica que nesta fase podem ser escritos nomes, poemas, declarações de amor e até frases “picantes”. “Podem mandar mensagens, recados picantes, amorosos. Os recadinhos picantes saem bastante. Os mais comuns também como ‘feliz Páscoa, eu te amo, o nome da pessoa'”, conta.

Com o fim da personalização, ovo é deixado para esfriar em um local fresco. Em seguida, ele é embalado e pode ser conservado na geladeira. Todo o processo de produção dura em média 30, 40 minutos. Dani conta que produz ovos de chocolate dos mais diversos tipos: amargo, meio amargo, ao leite e até diet.

“Eu comecei a fazer para presentear professores, amigo, família. Porque o que a gente encontrava no mercado era muito caro. O valor era muito alto para presentear todo mundo. Como eu já trabalhava com questão de alimentação, eu comecei a fazer”, diz a cake designer.

Como também trabalha como professora de língua inglesa fora de Salvador, Dani precisa conciliar a atividade com a outra profissão. Além disso, ela tem a tarefa de cuidar da pequena Nailah, sua filha de quatro anos. “Durmo muito pouco. Durmo três horas por noite, quatro. Eu trabalho cinco dias com isso, com alimentação, e dois dias trabalho como professora de língua inglesa em São Sebastião do Passé, na região metropolitana de Salvador”, conta.

A professora relata que só produz ovos de chocolate de 500 g. Segundo ela, cada unidade é vendida por R$ 25. Com a grande demanda por ovos com a proximidade do Páscoa, Dani conta que o lucro dela no mês de março deverá ser de R$ 700. “Meu lucro é 30% do valor do ovo porque os outros 70% são gastos com matéria prima”, acrescenta.

Apaixonada por chocolate, Dani diz que não come quando está cozinhando. O problema é controlar a filha e o marido. “Eu acabo enjoando do cheiro. Já ela [Nailah] é difícil controlar. Ela e o esposo. Eu faço a conta certa, tento evitar exageros para não ficar sobrando. Ela diz [para convencer]: ‘mamãe você faz o melhor chocolate do mundo’”.

Para a cake designer, o diferencial do ovo caseiro é o preço e a personalização. O problema, segundo ela, é a desvalorização do trabalho. “O ovo caseiro, apesar de ser mal visto, por conta de profissionais não usarem matéria-prima de primeira, ainda está um pouquinho em baixa. O que não deveria acontecer porque é um produto que pode ser personalizado. O ovo industrial não. É aquilo lá e pronto. Mas vale muito a pena fazer [ovo caseiro], é muito prazeroso. É gostoso ver uma pessoa feliz quando ganha um presente desses”, opina.

Passo-a-passo da receita
– Corte a barra de chocolate em pedaços;
– Derreta no micro-ondas (abaixo de 300g de chocolate, você coloca 30 segundos até derreter. Acima disso, um minuto).
–  Após derretido, coloque o chocolate em formas e leve à geladeira em um período entre cinco e dez minutos.
– Depois, vem o recheio: coloque uma camada generosa do recheio em cada casca, leva pra geladeira de novo, por uns 15 minutos, e depois dá outra camada de recheio. Uma camada de chocolate, uma de um recheio. No total, são três camadas.

Fonte: http://g1.globo.com/bahia/noticia/2013/03/professora-ensina-fazer-ovos-de-chocolate-caseiros-em-30-minutos.html

PostHeaderIcon Ovo de trufa

receita-ovo-de-trufa

Foto: Mauro Holanda

Tipo de prato: Sobremesa
Preparo: Demorado (acima de 45 minutos)
Rendimento: 2 porções
Dificuldade: Médio
Categoria: Docinho e salgadinho
Calorias: 5012 por porção
Ingredientes

. 250 g de chocolate meio amargo
. 1/4 de xícara (chá) de creme de leite sem soro
. 1 kg de chocolate branco picado
. 1 colher (sopa) de chocolate ao leite derretido
Modo de preparo

1. Derreta o chocolate meio amargo em banho-maria. Retire do fogo.

2. Acrescente o creme de leite sem parar de mexer até formar uma pasta brilhante. Reserve na geladeira até o dia seguinte.

3. Derreta o chocolate branco no micro-ondas por 3 minutos na potência média. Retire do forno e mexa até acabar de derreter.

4. Transfira para um refratário limpo e bem seco e mexa o chocolate até que, ao encostar um pouco nos lábios, dê a sensação de frio.

5. Pincele o chocolate derretido em uma forma própria para ovo e leve-a à geladeira com a boca para baixo sobre papel-alumínio. Deixe secar até a forma ficar opaca.

6. Retire o ovo da geladeira e espalhe a ganache dentro, deixando um borda de 1 cm sem o recheio.

7. Faça uma nova camada de chocolate derretido sobre o recheio e devolva a forma à geladeira. Deixe secar.

8. Desenforme com cuidado e faça arabescos com o chocolate ao leite derretido. Deixe o ovo descansar na temperatura ambiente por 1 hora.

9. Embrulhe cada metade em papel-chumbo, junte-as e embale com papel decorado.

Dica: cada porção corresponde a um ovo de 600 g

Fonte: http://mdemulher.abril.com.br/culinaria/receitas/ovo-trufa-427558.shtml

PostHeaderIcon Receita Ovo prest?gio de dar ?gua na boca

receita-ovo-prestigio

5.325 Calorias por Ovo

Ingredientes

· 1 kg de chocolate ao leite em pedaços
· 1 xícara (chá) de doce de coco
(à venda nos supermercados)

Modo de preparo

Ponha o doce de coco em uma peneira e deixe escorrer por 4 horas. Reserve separadamente o doce e a calda. Derreta o chocolate no microondas por 3 minutos na potência média. Retire do forno e mexa até acabar de derreter. Transfira para um refratário limpo e bem seco e mexa o chocolate até que, ao encostar um pouco nos lábios, dê a sensação de frio. Reserve.

Verifique o recheio. Se estiver muito seco, corrija o ponto com um pouco da calda reservada. Ele deve ficar úmido, porém sem excesso de calda. Faça o ovo: espalhe o chocolate derretido em uma fôrma própria e leve-a à geladeira com a boca para baixo sobre um papel-alumínio e deixe secar até ficar firme. Retire da geladeira e ponha o recheio na cavidade do ovo.

Deixe aproximadamente 1 cm da borda. Faça uma nova camada de chocolate derretido sobre o recheio de coco e devolva a fôrma à geladeira. Deixe secar até a fôrma ficar opaca. Desenforme com cuidado e deixe o ovo descansar na temperatura ambiente por 1 hora. Embrulhe cada metade com papel-chumbo, junte-as e embrulhe novamente com papel decorado.
Dica: Use a criatividade e varie os recheios: musse ou doce de leite são ótimas idéias!

Fonte: http://www.not1.xpg.com.br/receitas-ovos-de-pascoa-faceis-branco-crocante-prestigiomarshmallow/

PostHeaderIcon História da Páscoa

pascoa

Origens do termo, Páscoa entre os judeus e cristãos, a história do coelhinho da páscoa e os ovos de chocolate, significados, importância, formas de comemoração e celebrações, rituais e símbolos.
As origens do termo

A Páscoa é uma das datas comemorativas mais importantes entre as culturas ocidentais. A origem desta comemoração remonta muitos séculos atrás. O termo “Páscoa” tem uma origem religiosa que vem do latim Pascae. Na Grécia Antiga, este termo também é encontrado como Paska. Porém sua origem mais remota é entre os hebreus, onde aparece o termo Pesach, cujo significado é passagem.

Entre as civilizações antigas

Historiadores encontraram informações que levam a concluir que uma festa de passagem era comemorada entre povos europeus há milhares de anos atrás. Principalmente na região do Mediterrâneo, algumas sociedades, entre elas a grega, festejavam a passagem do inverno para a primavera, durante o mês de março. Geralmente, esta festa era realizada na primeira lua cheia da época das flores. Entre os povos da antiguidade, o fim do inverno e o começo da primavera era de extrema importância, pois estava ligado a maiores chances de sobrevivência em função do rigoroso inverno que castigava a Europa, dificultando a produção de alimentos.

A Páscoa Judaica

Entre os judeus, esta data assume um significado muito importante, pois marca o êxodo deste povo do Egito, por volta de 1250 a.C, onde foram aprisionados pelos faraós durantes vários anos. Esta história encontra-se no Velho Testamento da Bíblia, no livro Êxodo. A Páscoa Judaica também está relacionada com a passagem dos hebreus pelo Mar Vermelho, onde liderados por Moises, fugiram do Egito.

Nesta data, os judeus fazem e comem o matzá (pão sem fermento) para lembrar a rápida fuga do Egito, quando não sobrou tempo para fermentar o pão.

A Páscoa entre os cristãos

Entre os primeiros cristãos, esta data celebrava a ressurreição de Jesus Cristo (quando, após a morte, sua alma voltou a se unir ao seu corpo). O festejo era realizado no domingo seguinte a lua cheia posterior al equinócio da Primavera (21 de março).

Entre os cristãos, a semana anterior à Páscoa é considerada como Semana Santa. Esta semana tem início no Domingo de Ramos que marca a entrada de Jesus na cidade de Jerusalém.

A História do coelhinho da Páscoa e os ovos

A figura do coelho está simbolicamente relacionada à esta data comemorativa, pois este animal representa a fertilidade. O coelho se reproduz rapidamente e em grandes quantidades. Entre os povos da antiguidade, a fertilidade era sinônimo de preservação da espécie e melhores condições de vida, numa época onde o índice de mortalidade era altíssimo. No Egito Antigo, por exemplo, o coelho representava o nascimento e a esperança de novas vidas.

Mas o que a reprodução tem a ver com os significados religiosos da Páscoa? Tanto no significado judeu quanto no cristão, esta data relaciona-se com a esperança de uma vida nova. Já os ovos de Páscoa (de chocolate, enfeites, jóias), também estão neste contexto da fertilidade e da vida.
A figura do coelho da Páscoa foi trazido para a América pelos imigrantes alemães, entre o final do século XVII e início do XVIII.

Fonte: http://www.suapesquisa.com/historia_da_pascoa.htm